Alternativa para o inverno: a vez do nabo forrageiro | Agrocampo | Notícias do campo, agricultura, agronegócio, tecnologias, cadeias produtivas, produção agrícola e o fortalecimento do setor no mercado

Alternativa para o inverno: a vez do nabo forrageiro

Alternativa para o inverno: a vez do nabo forrageiro

ipanema_rgbEm busca de opções para o incremento da produção vegetal, principalmente no sistema de cultivo plantio direto, o nabo forrageiro assume uma das melhores escolhas de cobertura verde que antecede as culturas de trigo ou milho.

Dentro do sistema de produção ele se adapta bem ao clima, tolera a geada e a seca, se adequando as necessidades de cultivo de inverno. Usualmente utiliza-se para a semeadura 10 a 20 kg de semente por hectare. Quando associado à rotação de culturas, possui como principais características a descompactação do solo, a reciclagem de nutrientes – principalmente de nitrogênio, fósforo e potássio-, rápido estabelecimento de plantas, alta produção de matéria seca e consequentemente acréscimo na produção da cultura subsequente.

Com a análise positiva do feedback de clientes, produtores e técnicos, referente aos bons resultados obtidos na safra passada quanto a utilização do nabo forrageiro, a KNA Aviation – Nativa Aviação Agrícola, empresa de semeadura via aérea, indica como época ideal para a semeadura o período no qual a cultura de verão inicia o estágio de maturação. Esta prática realizada por meio de aeronave antecedente a colheita, possibilita um rápido estabelecimento da planta e da cobertura do solo além de não causa amassamento a cultura, o que otimiza o tempo e o período de semeadura.

Wilson Junior

Nativa Aviação Agrícola | KNA Aviation

 

← A importância das gotas finas e da concentração de ativo nas pulverizações Bayer inova e passa a considerar Índice de Área Foliar (IAF) para recomendar aplicação de defensivos agrícolas na soja →

Deixe seu comentário aqui