Chuvas continuam castigando a região Sul

Chuvas continuam castigando a região Sul

chuvas castigam o sulNovos temporais foram registrados ontem no Paraná, Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, além do Paraguai. Houve novos registros de perdas em lavouras de milho, trigo, feijão e hortaliças. E nessa manhã de terça-feira a frente fria encontra-se sobre o Rio Grande do Sul, onde provoca chuvas generalizadas sobre todo o Estado e também sobre boa parte de Santa Catarina e do Paraguai. Com isso, todas as atividades de campo encontram-se paralisadas, sendo que o plantio do trigo é o mais afetado, uma vez que essa atividade está bem atrasada em relação ao mesmo período do ano passado e como há previsão de mais chuvas ao longo de toda essa semana, a tendência é que haja uma redução ainda mais significativa da área a ser plantada nessa safra no Brasil, em especial no Rio Grande do Sul.

Esse sistema meteorológico deverá avançar sobre o Paraná durante o dia e há previsões de novos temporais, principalmente sobre a região sudoeste do Estado e em toda metade oeste de Santa Catarina, com potencial até para granizo. Há previsão de chuvas também para o sul do Mato Grosso do Sul não só nessa terça-feira, mais ao longo de toda a semana, inviabilizando os trabalhos de colheita do milho safrinha. E esse excesso de umidade também acarretará um percentual maior de grãos ardidos, pois grande parte dos milharais/espigas, já se encontram aptas a serem colhidas. E esse tempo fechado e chuvoso em toda região Sul, incluindo a metade sul do Mato Grosso do Sul irá permanecer inalterado durante toda a semana, agravando ainda mais as condições das lavouras.

No restante do Brasil, o tempo seguirá aberto e sem previsões para chuvas, permitindo que todas as práticas de campo sejam realizadas sem maiores transtornos, como a colheita do milho safrinha, café, da cana de açúcar, hortaliças, entre outras. E esse deverá ser o padrão meteorológico para essas próximas semanas, uma vez que as frentes frias ficarão “presas” no Sul do Brasil. Além de permitir o avanço dos trabalhos de campo, a qualidade dos produtos melhorará ao longo desse período, já que não há mais previsões de excesso de umidade sobre as plantas.

Pros Estados Unidos, não só a terça-feira mais toda a semana ainda será de previsão para pancadas de chuvas no decorrer do dia. Contudo, essas chuvas serão de baixa intensidade e os episódios de chuvas ficarão mais espaçados entre um e outro. Porém, como os solos estão muito encharcados, qualquer chuva manterá as condições não tão favoráveis ao desenvolvimento das lavouras de soja, milho, algodão e trigo de primavera. Assim, novas perdas de produtividade poderão vir a ocorrer durante essas próximas semanas, principalmente na cultura da soja, até porque haverá muita nebulosidade durante essas duas semanas.

Por: Marco Antonio dos Santos – Agrometeorologista
Fonte: Somar Meteorologia
← Manejo no tempo correto pode viabilizar aumento de produtividade de 5% nas lavouras de soja Soja opera em alta nesta 3ª na CBOT com preocupações sobre a safra dos EUA →

Deixe seu comentário aqui