Emater/RS-Ascar e Unicruz acertam participação no Campo Experimental de Cruz Alta

Emater/RS-Ascar e Unicruz acertam participação no Campo Experimental de Cruz Alta

A Emater/RS-Ascar e a Universidade de Cruz Alta (Unicruz) irão desenvolver um projeto para ser implantado em março de 2018, no Campo Experimental da universidade. A decisão foi tomada nesta terça-feira (09/05), no campus da Unicruz, durante uma reunião entre dirigentes das duas instituições, da qual também participou a reitora, Patrícia Bianchi. “O importante é dar o primeiro passo bem consolidado”, disse o assistente técnico estadual em Culturas da Emater/RS-Ascar, Alencar Rugeri.

No projeto serão definidos detalhes como o tema a ser desenvolvido pelos extensionistas, bem como o tamanho da área a ser trabalhada pela Emater/RS-Ascar no Campo Experimental. Contudo, a expectativa é que prevaleçam assuntos ligados à bacia leiteira e à conservação do solo. O gerente da Emater/RS-Ascar da região administrativa de Ijuí, Carlos Turra, lembrou da Rede Leite, uma realidade da qual fazem parte nove instituições, entre elas a Unicruz e a Emater/RS-Ascar.

De acordo com os professores Maurício Batistella Pasini e João Zamberlan, a universidade tem interesse em aprofundar a parceria com a Emater/RS-Ascar. O objetivo é reduzir a distância entre a pesquisa e a extensão rural. “A parceria busca isto, ver o que o campo está precisando”, disse Zamberlan, preocupado, especialmente com o pequeno agricultor.

Também é do interesse das instituições a qualificação dos estudantes. “Tem muito estudante fazendo tese para guardar na biblioteca. O campo experimental oportuniza ao estudante exercitar, realizar a pesquisa”, disse Rugeri, sugerindo que é preciso “olhar o longo prazo” na formação dos estudantes.

Campo Experimental

Com aproximadamente 100 hectares, o Campo Experimental da Unicruz realiza dois dias de campo no ano para receber empresas do segmento de insumos e máquinas agrícolas, além de pesquisadores da Unicruz. Os eventos ocorrem no inverno (outubro) e no verão (março). Aproximadamente 60 empresas participam desses eventos e o público cresce a cada ano. O primeiro dia de campo, realizado em 2014, reuniu 300 pessoas e o último contou com 1.500 participantes.

Também participaram do encontro, no Campo Experimental da Unicruz, o assistente técnico estadual em Leite, Jaime Ries, gerente adjunto da Emater/RS-Ascar, Vito Cembranel, supervisora da microrregião de Cruz Alta, Monique Chaves, assistentes técnicos regionais de Manejo e Recursos Naturais e de Sistemas de Produção Vegetal, respectivamente, Dejair Burtet e Gilberto Bortolini, e extensionistas de Cruz Alta, Larissa dos Reis, Rosita Heringer e Gustavo Basso.

Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar Regional de Ijuí

← Farsul elabora proposta para alteração do Funrural Conheça a programação e saiba tudo que vai acontecer no II Seminário Phytus →

Deixe seu comentário aqui