Exportações: mercados em negociação têm potencial de US$ 1,95 bi ao ano

Exportações: mercados em negociação têm potencial de US$ 1,95 bi ao ano

A ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) anunciou nesta quarta-feira (9) que o Brasil está em fase final de negociação com ao menos 14 mercados internacionais, que juntos têm potencial de US$ 1,95 bilhão em exportações ao ano.

O montante se soma ao potencial de US$ 1,4 bilhão anual que os principais mercados abertos somente no primeiro semestre do ano representam. Os dados foram divulgados durante coletiva de imprensa, na sede do Mapa, quando a ministra anunciou que a China abrirá, pela primeira vez, seu mercado aos produtos lácteos brasileiros.

Entre as negociações que estão em fase de conclusão, a maior delas é a venda de carne bovina termoprocessada ao Japão. O produto foi objeto de negociação durante a visita oficial da ministra a Tóquio, em julho, e representa potencial de US$ 501 milhões ao ano.

O Brasil ainda tem potencial para exportar carne bovina in natura para o Canadá (US$ 190 mi) e para o México (US$ 165 mi) e carne suína à Coreia do Sul (US$ 107 mi), entre outros. A ministra também comemorou o avanço das negociações para a venda de carne bovina in natura à Arábia Saudita, que representa potencial de US$ 73 milhões ao ano. O país já aceitou a documentação brasileira e depende apenas da assinatura do acordo de abertura de mercado para habilitar os frigoríficos interessados.

“A Arábia Saudita era um dos últimos países que ainda não havia sido reaberto após o embargo de 2013”, observou a ministra. Kátia Abreu destacou ainda que em outubro participará, no México, da reunião da Junta Interamericana de Agricultura, promovida pelo Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA).

“Vamos tratar fortemente da construção de uma plataforma única de gestão agropecuária e ter reuniões bilaterais com alguns países. Canadá e México já pediram reuniões separadas e podemos fechar outros negócios”, afirmou a ministra.

← Soja e Milho: Mercados operam com estabilidade na CBOT nesta 6ª feira à espera do USDA Via Notícias Agrícolas Soja: Mercado em Chicago ensaia ligeira recuperação nesta 5ª feira, mas mantém estabilidade →

Deixe seu comentário aqui