Soja: Após perdas expressivas, mercado testa reação na manhã desta 6ª feira em Chicago – Via Notícias Agrícolas

Soja: Após perdas expressivas, mercado testa reação na manhã desta 6ª feira em Chicago –  Via Notícias Agrícolas

As cotações futuras da soja na Bolsa de Chicago (CBOT) iniciaram o pregão desta sexta-feira Por Fernanda Custódio. As cotações futuras da soja na Bolsa de Chicago (CBOT) iniciaram o pregão desta sexta-feira (6) com ligeiras altas, próximas da estabilidade. Por volta das 7h30 (horário de Brasília), os principais vencimentos da commodity exibiam ganhos entre 1,50 e 2,00 pontos. Apenas o contrato novembro/15 recuava, cerca de 0,25 pontos, cotado a US$ 8,67 por bushel.

Após as perdas expressivas registradas no dia anterior, as posições mais negociadas caíram quase 20 pontos, o mercado esboça uma reação e tenta se manter em campo positivo. Nesta quinta-feira, as cotações foram pressionadas pelo fraco das vendas para exportação. Na semana encerrada no dia 29 de outubro, as vendas da safra 2015/16 somaram 655,6 mil toneladas de soja. O volume representa uma queda de 69% em relação ao indicado na semana anterior, de 2.087,4 milhões de toneladas.

[ubm_premium_banner_rotation banners=4,5,19 interval=8 width=250 height=250 orderby=rand]

Além disso, os investidores seguem atentos ao plantio da soja no Brasil. E, apesar das chuvas irregulares, os produtores do Centro-Oeste têm conseguido evoluir com os trabalhos de campo. Por outro lado, a região norte de Minas Gerais, Goiás e Tocantins e quase todos os estados do Nordeste seguem com baixo volume acumulado de chuvas. Paralelamente, os participantes do mercado se preparam para o próximo boletim de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), que será reportado na próxima semana.

← Recorde de produção da soja impulsiona agricultura Expodireto Cotrijal é homenageada com o Prêmio Exportação RS →

Deixe seu comentário aqui