Mosca-branca em genótipos de soja na presença e ausência de silício | Agrocampo | Notícias do campo, agricultura, agronegócio, tecnologias, cadeias produtivas, produção agrícola e o fortalecimento do setor no mercado

Mosca-branca em genótipos de soja na presença e ausência de silício

Mosca-branca em genótipos de soja na presença e ausência de silício

A soja, [Glycine max (L.) Merrill], é um dos cultivos mais importantes para o Brasil, com alta produtividade e intensa participação no mercado externo.

Seus grãos representam importante fonte nutricional para o homem e seus derivados são usados para alimentação animal ou mesmo na fabricação de energia renovável, na forma de biodiesel. No entanto, a produção desta leguminosa pode ser comprometida pelo ataque de insetos-praga, como a mosca-branca, Bemisia tabaci (Gennadius) biótipo B (Hemiptera: Aleyrodidae).

Atualmente, este inseto é apontado como importante praga para a cultura da soja, devido às crescentes infestações e dificuldade no controle. Seu manejo é feito principalmente através de aplicações sucessivas de inseticidas sintéticos, as quais favorecem à rápida seleção de indivíduos resistentes.

Biocarvão feito com resíduos é testado como condicionador de solo

Desta forma, torna-se importante avaliar alternativas menos agressivas, alinhadas ao manejo integrado de pragas (MIP), com destaque para o uso de cultivares resistentes e indutores de resistência, como o silício. O monitoramento da alimentação de insetos sugadores por meio da técnica de EPG (Electrical Penetration Graph) tem auxiliado na caracterização de categorias e fatores de resistência de plantas frente ao ataque de insetos.

20 pragas agrícolas que ainda não chegaram ao Brasil

Assim, neste trabalho, avaliou-se o comportamento alimentar de B. tabaci biótipo B em genótipos resistentes e suscetíveis de soja na presença e ausência de silício, utilizando-se EPG.

Autor: Godoy, Ana Flávia

 Veja na integra clicando aqui.

← Cresce a importância do fungicida multissítio contra ferrugem Biocarvão feito com resíduos é testado como condicionador de solo →

Deixe seu comentário aqui