Maurício De Bortoli é o vencedor na Categoria Produtor Rural do concurso Personagem Soja Brasil

Maurício De Bortoli é o vencedor na Categoria Produtor Rural do concurso Personagem Soja Brasil
Maurício De Bortoli, sojicultor de Cruz Alta (RS)

Maurício De Bortoli, sojicultor de Cruz Alta (RS)

Último Fórum Soja Brasil marcou o encerramento simbólico de mais uma temporada da oleaginosa no país; produtores e pesquisadores foram premiados

Terminou na noite desta quinta, dia 7, a quarta edição do Projeto Soja Brasil. O evento, que marca também o encerramento simbólico da safra da oleaginosa, reuniu mais de 500 pessoas no Sindicato Rural de Maracaju, no sudoeste de Mato Grosso do Sul. Foi um momento de celebração por mais um ciclo que tende a ser recorde, chegando próximo a 100 milhões de toneladas do grão. Debate sobre a temporada 2016/2017 também entrou em pauta, principalmente o clima e o cenário econômico.

A festividade premiou os vencedores do concurso cultural Personagem Soja Brasil nas categorias: Pesquisador: vencedor Carlos Arias da Embrapa Soja; Produtor Rural: Maurício De Bortoli, sojicultor de Cruz Alta (RS);  Voto Popular: José Roberto Brucceli, agricultor em Rio Verde (GO) com 54,4%.

O evento marcou o fim da gestão de Almir Dalpasquale no comando da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil) após dois anos. Emocionado, o dirigente agradeceu os produtores e comemorou os objetivos alcançados por sua diretoria. “Quando eu assumi, eu tinha uma missão, e um dos principais projetos que eu toquei na entidade foi o Soja Brasil, que trouxe conhecimento e inovação. Confesso que, no começo, não tinha noção da importância deste projeto”, afirmou Dalpasquale, que dará lugar a Marcos da Rosa, produtor de Mato Grosso e que assume em maio.

personagem soja Brasil

Manaíra Lacerda/Canal Rural

Também no encontro, o Canal Rural apresentou o relatório técnico desta edição, elaborado pelo consultor técnico Áureo Lantmann e uma análise do perfil econômico do produtor de soja, feito pelo consultor de mercado Ivan Wedekin. Para encerrar a festa, Rodrigo Freitas e banda animaram o público com uma moda de viola.

O Soja Brasil 2015/2016 durou 11 meses e viajou por todos os estados produtores de soja, mostrando os desafios e oportunidades na produção da oleaginosa no país. O projeto é uma realização do Canal Rural com a Aprosoja Brasil, Embrapa Soja e as federações estaduais.

Clima

Na abertura do último Fórum Soja Brasil na safra 2015/2016, o meteorologista Celso Oliveira apresentou um panorama para o clima da próxima safra da oleaginosa. Segundo ele, a tendência é de uma safra com a presença do fenômeno climático La Niña, que é o resfriamento do Oceano Pacífico. Isso significa chuvas menos intensas no Centro-Sul brasileiro na primavera e pancadas no verão na região do Matopiba [Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia] e o Centro-Oeste.

Cenário econômico

O consultor de mercado Ivan Wedekin também apresentou um panorama do cenário econômico para 2016, e não foi nada animador. A boa notícia é que o apetite da China por soja e milho deve crescer mais, já que os asiáticos estão apostando na expansão da produção de suínos e os farelos de milho e soja terão mais procura.

A equipe da Agrocampo está imensamente orgulhosa pelo merecido prêmio que ganhaste Maurício, e por poder contar com a sua sabedoria e atenção que dedicas a cada edição da Revista, mais uma vez, fica o nosso PARABÉNS!

← I-UMA abre inscrições para especialização de Marketing em Agribusiness Produção de soja deve ser de 97,5 mi de toneladas, diz consultoria →

Deixe seu comentário aqui