Soja: Após início de semana agitado, mercado na CBOT busca equilíbrio nesta 4ª feira – Via Notícias Agrícolas

Soja: Após início de semana agitado, mercado na CBOT busca equilíbrio nesta 4ª feira – Via Notícias Agrícolas

cotações da sojaPor: Carla Mendes. Na sessão desta quarta-feira (20), os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago trabalham com estabilidade durante a manhã. Por volta das 7h35 (horário de Brasília), as cotações cediam levemente, com baixas de 2 a 3,75 pontos e procuram encontrar um equilíbrio após o início de semana agitado que já registraram. O vencimento agosto/16 era negociado a US$ 10,42, enquanto o novembro/16 tinha US$ 10,24 por bushel.

O mercado internacional de grãos conta agora com diversos fatores que estimulam a movimentação de seus futuros, porém, por vezes acabam tirando o direcionamento dos preços. A volatilidade, entretanto, é típica desse momento do ano, que é o início de fases determinantes para a nova safra norte-americana.

No Corn Belt, de acordo com informações do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), as lavouras seguem se desenvolvendo de forma ainda muito satisfatória, com 71% dos campos em condições boas ou excelentes. Ao mesmo, as últimas previsões climáticas alertam para a chegada de uma nova onda de calor muito forte, a qual poderia provocar mais elevação das temperaturas. Ao se confirmar, tais condições, com as chuvas ainda abaixo da média, poderiam trazer algum impacto sobre a produção.

“O índice de condição das lavouras americanas foi muito bom esta semana, mas muito pode mudar com a chegada dessas condições adversas de clima, e espero que o mercado continua focado nas previsões climáticas pelas próximas semanas. E o mercado mundial de grãos precisa de uma safra substancial dos Estados Unidos depois das perdas da América do Sul na temporada anterior”, diz Frank Rijkers, agroeconomista no ABN Amro Bank, em entrevista à Reuters Internacional.

Dessa forma, nesta quarta, Rijkers acredita que os preços encontram alguma suporte nas previsões desse clima muito quente dos próximos dias, além da compra de posições por parte dos fundos após a despencada do dia anterior.

Fonte: Notícias Agrícolas

← No Ministério da Saúde, Simbiose defende uso de BTI nacional contra Aedes Aegypti - Leonardo Gottems Exportações do agronegócio atingem 75% do total comercializado pelo RS →

Deixe seu comentário aqui