Soja: Após semana volátil, mercado fecha semana em baixa no Brasil com pressão do câmbio – via Notícias Agrícolas | Agrocampo | Notícias do campo, agricultura, agronegócio, tecnologias, cadeias produtivas, produção agrícola e o fortalecimento do setor no mercado

Soja: Após semana volátil, mercado fecha semana em baixa no Brasil com pressão do câmbio – via Notícias Agrícolas

Soja: Após semana volátil, mercado fecha semana em baixa no Brasil com pressão do câmbio – via Notícias Agrícolas
cotações da soja dólarPor: . A semana foi toda marcada por volatilidade para o mercado da soja, tanto no Brasil quanto na Bolsa de Chicago, e terminou com a chegada do novo boletim mensal de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura nesta sexta-feira (9). As mudanças, mantendo o conservadorismo da instituição foram poucas.

“O boletim veio muito em linha com o esperado. Eu só ressaltaria a menor área na soja, a produção do milho, e os estoques de trigo, mas isto também, vamos dizer, está dentro das variações que sempre ocorrem. Isto é, no geral, tivemos poucas surpresas”, disse o analista de mercado e economista da Granoeste Corretora, Camilo Motter.

Enquanto a espera e a divulgação dos números do USDA foram os principais direcionadores do mercado internacional, no Brasil, o foco dos negócios continua sobre a taxa de câmbio. Nos últimos dias, o dólar recuou expressivamente frente ao real e, no acumulado de outubro, a divisa já têm queda de 4,35%. Nesta sexta, o dólar fechou com 0,9% de queda  e valendo R$ 3,7588.

Diante dessa desvalorização da moeda americana, as vendas voltaram a perder ritmo internamente. “O volume de negócios ficou bem retraído, mas isto tem mais a ver com a queda do câmbio do que com espera pelo relatório”, relatou Motter. “No spot rodaram alguns negócios, ainda que em menor volume. Mas, para a safra nova, a paradeira foi um fenônemo geral”, completa.

Assim, o balanço semanal ficou negativo para os preços da soja nos portos – tanto no mercado disponível quanto a futuro – e também no interior do país. O reflexo do dólar foi imediato e anulou a semana positiva registrada em Chicago, onde os principais vencimentos subiram mais de 1%.

← Soja em Chicago opera em alta com seca na Ásia e retração vendedora nos EUA - Via Notícias Agrícolas Nova safra de grãos pode ultrapassar 213 milhões de toneladas →

Deixe seu comentário aqui