Soja: Preços têm leves altas em Chicago nesta manhã de 3ª feira com números inalterados do USDA – Via Notícias Agrícolas

Soja: Preços têm leves altas em Chicago nesta manhã de 3ª feira com números inalterados do USDA – Via Notícias Agrícolas

cotações da sojaPor: Carla Mendes. Nesta sessão de terça-feira (26), os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago testam algumas altas, porém, em um movimento de recuperação ainda frágil. Por volta das 7h30 (horário de Brasília), as cotações subiam entre 7 e 9 pontos, com o agosto/16 valendo US$ 9,92 e o novembro/16, referência para a safra dos EUA, US$ 9,73 por bushel.

O mercado parece refletir a falta de mudanças fortes no útimio boletim semanal de acompanhamento de safras do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), divulgado no final desta segunda (25). O reporte trouxe o índice de lavouras de soja do país em boas ou excelentes condições inalterados nos 71%, apesar das excelentes condições de clima que vêm sendo registradas no Meio-Oeste norte-americano.

Controle de percevejos na cultura da soja

E sobre a soja reportou 76% dos campos em fase de florescimento, até o último domingo (24). Na semana anterior, eram 59%, em 2015, 67% e na média plurianual, 66%. Em formação de vagens estão 35% das lavouras, contra 18% da semana anterior, 26% da média e 29% do ano passado, nesse mesmo período.

Com esse índice, a consultoria internacional Benson Quinn Commodities acredita em um renduimento da oleaginosa variando entre 53,3 e 54,42 sacas por hectare, acima da média estimada pelo USDA de 52,95 sacas. Assim, mais consultorias privadas já vêm revendo suas projeções para a safra 2016/17, colocando as próximas de 108 milhões de toneladas, com algumas trazendo esse número até as 110 milhões. O departamento agrícola americano estima pouco mais de 105 milhões até esse momento. O novo reporte mensal de oferta e demanda do USDA chega no dia 12 de agosto.

Agosto é o mês chave para o desenvolvimento e consolidação da safra de soja nos Estados Unidos e, por isso, o quadro climático deverá permanecer apresentando boas condições para que estas projeções sejam alcançadas, como explicam analistas de mercado. Dessa forma, a volatilidade entre as cotações em Chicago deverá permanecer ao longo da semana, principalmente na medida em que as previsões forem sendo atualizadas para o Corn Belt.

Ainda nesta terça, como explicam analistas internacionais, os futuros da soja em grão encontram suporte ainda nos preços melhores também das outras pontas do complexo – o óleo e o farelo – na Bolsa de Chicago.

Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas
← Soja continua movimento positivo e tem novas e tímidas altas na Bolsa de Chicago nesta 4ª feira - via Notícias Agrícolas Soja: Mercado tem início de semana calmo em Chicago, com preços atuando com estabilidade - Via Notícias Agrícolas →

Deixe seu comentário aqui