Soja: Semana é marcada pela influência do dólar sobre preços no Brasil e na Bolsa de Chicago – via Notícias Agrícolas

Soja: Semana é marcada pela influência do dólar sobre preços no Brasil e na Bolsa de Chicago – via Notícias Agrícolas

Os preços da soja tanto no BrasilPor Carla Mendes. Os preços da soja tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos parecem ter iniciado um caminho e uma nova direção nesta última semana. O coadjuvante dos negócios continua sendo, como explicam os analistas, sendo o câmbio e a direção que assumiu, especialmente internamente, pela crise política que só se agrava.

Ao lado do dólar, as especulações sobre a nova safra dos Estados Unidos, com foco na área e nas condições de clima para o Meio-Oeste americano, ganham cada vez mais terreno e peso entre as decisões dos investidores.

“Os preços da soja estão começando a mudar de direção”, diz o consultor em agronegócios Ênio Fernandes. “A medida em que nos aproximamos mais do plantio da nova safra norte-americano, nos aproximamos mais de preços firmes na casa dos US$ 9,00 por bushel”, completa.

Dólar

Somente no mês de março, a baixa acumulada da moeda norte-americana é de 10,54% e as quedas consecutivas frente ao real foram um dos fatores determinantes para que os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago. As posições mais negociadas da oleaginosas encerraram, no balanço semanal, com altas de 0,20% a 0,31%. O vencimento julho/16 fechou a sessão desta sexta-feira (18) cotado a US$ 9,04 por bushel, enquanto o agosto/16 foi a US$ 9,06.

Ainda nesta sexta, a divisa dos EUA fechou com R$ 3,5817 na venda, perdendo 1,96%, registrando seu menor patamar desde 27 de agosto de 2015. “O mercado continua na toada de que o que é ruim para Dilma, é bom para o mercado”, disse o operador da corretora B&T Marcos Trabbold à agência de notícias Reuters.

← O aumento das alíquotas do Imposto do Ganho de Capital e os impactos para o produtor rural NOTA OFICIAL: Contra a irresponsabilidade política e as soluções casuísticas →

Deixe seu comentário aqui