Soja semeada em diferentes densidades e profundidades

Soja semeada em diferentes densidades e profundidades

Conheça o efeito das densidades e profundidades de semeadura sobre o desempenho agronômico da soja. O objetivo do trabalho foi avaliar a cultura da soja semeada em diferentes densidades e profundidades das sementes, e dessa maneira saber o quanto esses fatores influenciam na emergência de plântulas, nas características agronômicas e de produtividade.

O experimento foi conduzido em dois anos agrícolas, 2015/16 e 2016/17, com sementes de soja da cultivar 5D634, na Fazenda Experimental Lageado, da Faculdade de Ciências Agronômicas – UNESP/Botucatu-SP.

Em cada ano, foram realizados dois experimentos, um com sete tratamentos de densidade de semeadura: 10, 12, 14, 16, 18, 20 e 22 sementes por metro e o outro com seis tratamentos que se referem às profundidades das sementes na mesma linha de semeadura: 0,02; 0,05 e 0,08 m do nível do solo, e combinação e alternância entre eles: 0,02 e 0,05; 0,02 e 0,08; 0,05 e 0,08 m.

Leia também > Desempenho De Soja Associado À Posição Do Fertilizante

Os experimentos foram conduzidos em delineamento de blocos casualizados, com 4 repetições, perfazendo 28 parcelas para as densidades e 24 para as profundidades de semeadura.

Veja na integra clicando aqui.

 Autores: Dias, Patrícia Pereira

← A soja no bioma Amazônico UPL e Bayer somam esforços no manejo da ferrugem asiática →

Deixe seu comentário aqui