Soja tem ligeira realização de lucros em Chicago nesta 3ª após forte avanço da sessão anterior – Via Notícias Agrícolas

Soja tem ligeira realização de lucros em Chicago nesta 3ª após forte avanço da sessão anterior – Via Notícias Agrícolas

cotações da sojaPor: Carla Mendes. O mercado internacional da soja, nesta terça-feira (4), devolve parte das boas altas registrada no pregão anterior de mais de 20 pontos. Assim, por volta de 7h45 (horário de Brasília), as posições mais negociadas da oleaginosa cediam pouco mais de 3 pontos, mas ainda o vencimento maio/17 se mantinha acima dos US$ 9,80 por bushel.

Apesar de estar bem suportado pela demanda forte e intensa do momento, o avanço da colheita nos Estados Unidos ainda pesa sobre os preços na Bolsa de Chicago e no final da tarde desta segunda (3), o USDA (Departamento de Agricultura dos EUA) trouxe números acima das expectativas sobre os trabalhos de campo. Em uma semana, a colheita evoluiu de 10% para 26% da área, enquanto os traders apostavam em 23% de área colhida. O número ainda fica bem abaixo dos 36% de 2015, mas ligeiramente aquém da média dos últimos cinco anos de 27%.

Ainda assim, analistas afirmam que o mercado segue buscando uma direção melhor definida já que vê fundamentos divergentes, uma vez que os relatos de produtividade indicam a melhor média da história nesta safra, enquanto o consumo do produto norte-americano vem crescendo e se intensificando, o que poderia mudar o quadro dos estoques no país, ainda segundo analistas e consultores.

“Em somente um mês do ano comercial 2016/17, o acumulado dos embarques norte-americanos de soja já chega a 3,4 milhões de toneladas e supera em 136% o registrado no mesmo período da temporada anterior”, informou, em nota, a internacional Benson Quinn Commodities.

Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas
← Soja busca equilíbrio na Bolsa de Chicago e opera com estabilidade e leves ganhos nesta 4ª - Via Notícias Agrícolas Soja espera por novidades fortes e atua com estabilidade na manhã desta 2ª feira na CBOT - Via Notícias Agrícolas →

Deixe seu comentário aqui