Yara assina contrato para compra de unidade da Adubos Sudoeste em Catalão (GO) | Agrocampo | Notícias do campo, agricultura, agronegócio, tecnologias, cadeias produtivas, produção agrícola e o fortalecimento do setor no mercado

Yara assina contrato para compra de unidade da Adubos Sudoeste em Catalão (GO)

Yara assina contrato para compra de unidade da Adubos Sudoeste em Catalão (GO)

Yara assina contrato para compra de unidade da Adubos Sudoeste em Catalão (GO)Em mais um passo para expandir sua participação no Centro-Oeste, a Yara International anuncia a assinatura de um acordo para a aquisição da unidade da Adubos Sudoeste, em Catalão (GO). O investimento está em linha com a estratégia da empresa de seguir acompanhando o avanço do mercado agrícola goiano que, nos últimos anos, cresceu acima da média nacional. Apesar de parte da produção poder ser destinada a agricultores de Tocantins, o foco desta unidade serão produtores, principalmente das culturas de soja, milho, feijão, tomate, batata, cebola e alho, do estado de Goiás.

Segundo o VP Sênior da Yara International e presidente da Yara Brasil, Lair Hanzen, Goiás responde por grande parte da produção das principais culturas de exportação brasileiras, como soja e milho, e é um estado fundamental para os planos da companhia no País. “Investir em distribuição de fertilizantes no mercado goiano é estratégico para a Yara e reforça com o nosso compromisso de assegurar as melhores soluções aos produtores rurais de todo o Brasil. Além disso, também mantemos nossos esforços para aumentar a produção de fertilizantes, com o intuito de reduzir a dependência brasileira de importação de matérias-primas”, afirma Hanzen.

Veja também: Manejo para alta produtividade

Atualmente, a unidade possui capacidade total de 300 mil toneladas por ano. A transação proposta está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Após a aprovação do órgão, ocorrerá o processo de adequação da unidade aos padrões da Yara. Este aporte evidencia o comprometimento da empresa com o agronegócio brasileiro. Nos últimos anos, a Yara investiu aproximadamente US$ 1,5 bilhão no País, com a aquisição da Bunge Fertilizantes (2013), a joint venture com a Galvani (2014), a construção e revitalização das unidades industriais de mistura mais modernas do Brasil, em Sumaré (SP) e Porto Alegre (RS), além do anúncio do grande investimento em seu complexo industrial de Rio Grande, no início deste ano.

Este aporte evidencia o comprometimento da empresa com o agronegócio brasileiro. Nos últimos anos, a Yara investiu aproximadamente US$ 1,5 bilhão no País, com a aquisição da Bunge Fertilizantes (2013), a joint venture com a Galvani (2014), a construção e revitalização das unidades industriais de mistura mais modernas do Brasil, em Sumaré (SP) e Porto Alegre (RS), além do anúncio do grande investimento em seu complexo industrial de Rio Grande, no início deste ano.

Sobre a Yara

O conhecimento, os produtos e as soluções da Yara apoiam agricultores e clientes industriais para incrementarem seus negócios de maneira rentável e responsável, ao mesmo tempo em que nutrem os alimentos, protegem os recursos naturais e o meio ambiente. Os nossos fertilizantes, os programas de nutrição de culturas e as tecnologias aplicadas aumentam a produtividade, melhoram a qualidade de produtos e reduzem o impacto ambiental das práticas agrícolas. As soluções industriais e ambientais da Yara melhoram a qualidade do ar, reduzem as emissões da indústria e transporte e servem como ingredientes-chave na produção de uma ampla gama de produtos. Promovemos uma cultura que garante a segurança de nossos colaboradores e da sociedade. Fundada em 1905, na Noruega, para solucionar a fome emergente na Europa, hoje a Yara possui presença mundial, com cerca de 13 mil colaboradores e vendas para mais de 160 países.

No Brasil, tem sede em Porto Alegre e escritório em São Paulo. Para atender o segmento agrícola conta com três unidades industriais de produção, granulação e ensaque de fertilizantes e 25 unidades industriais de mistura, ensaque e distribuição de fertilizantes, com presença nos principais portos e polos de produção agrícola do País. Em 2014, com a compra de 60% de ativos da Galvani, a Yara iniciou uma joint venture com a empresa para produzir e distribuir cerca de 1 milhão de toneladas de produtos fosfatados. Por meio do acordo, Yara e Galvani também estão desenvolvendo novos projetos de produção de fertilizantes no País, contribuindo para reduzir a dependência de importação. No segmento de soluções ambientais e produtos industriais possui cinco unidades de produção e comercialização. Seu portfólio de fertilizantes – que vai de misturas de grânulos a produtos especiais, como foliares e NPK no grânulo – e programas nutricionais ajudam a produzir os alimentos necessários para a crescente população mundial. Para manter a perspectiva de crescimento em longo prazo, as iniciativas de pesquisa e desenvolvimento (P&D) da Yara são focadas na agricultura sustentável e na busca por novas soluções ambientais, como a redução do uso da água e a aplicação da quantidade precisa de fertilizantes para produzir alimentos saudáveis e de qualidade superior.

← A era dos biológicos Manejo para alta produtividade - Seminário A Voz Do Campo →

Deixe seu comentário aqui